New to site?


Login

Lost password? (X)

Already have an account?


Signup

(X)

Amilases para aumento do rendimento em açúcar

Amilases para aumento do rendimento em açúcar

SugarMax
23
out 2020

O fim das queimadas e a implantação da colheita mecanizada trouxeram modernidade e velocidade ao setor sucroenergético, além de reduzir significativamente os impactos ambientais causados pela queima da cana-de-açúcar para colheita manual. Com isso, porém, um novo desafio surgiu para indústria: o aumento de impurezas minerais e vegetais trazidas da lavoura para o processo, que interferem diretamente na produtividade das fábricas. Dentre essas impurezas, destaca-se o amido, um polissacarídeo presente em elevados teores nos nós, folhas e pontas da cana, que agora é processado junto aos colmos durante a moagem.

Por ser um polissacarídeo de alto peso molecular, o amido influencia negativamente no processo de obtenção de açúcar e em sua qualidade, resultando em aumentos no custo de processamento da matéria-prima e causando perdas. Ele é responsável pelo aumento da viscosidade do caldo e das massas, o que acarreta no empobrecimento da cristalização da sacarose, menor aproveitamento nas centrífugas em função do aumento do tempo necessário para a lavagem dos cristais, além de interferir na qualidade do produto final.

A melhor forma de eliminar o amido é pela aplicação de enzimas do tipo alfa-amilase, que agem especificamente sobre este polissacarídeo, e são capazes de romper sua longa cadeia em dextrinas de menor peso molecular, reduzindo os prejuízos causados no processo de fabricação de açúcar.

Figura 1 - SugarMax

Figura 1. Ganhos de processo com a aplicação de SugarMax (Fonte: Pesquisa industrial realizada pela Prozyn)

Na Figura 1, podem ser observados os benefícios da aplicação de SugarMax em uma usina do interior de São Paulo, durante um teste industrial realizado pela Prozyn. Obteve-se redução média de 30% no tempo de lavagem nas centrífugas, o que gera, além da economia de água, menor retorno de mel para o processo. Também foi notado aumento no tempo de carga das centrífugas, significando maior volume de mel processado por rodada, e redução de 17% nas perdas da torta (94 kg de açúcar, em Pol, para cada tonelada de cana), mesmo com maior volume de torta por tonelada de matéria-prima. A aplicação do produto reduziu em 56% o teor de amido presente no açúcar final comparado ao período sem enzima.

SugarMax proporcionou maior aproveitamento do açúcar entregue na cana (ATR), com a elevação do rendimento da produção de açúcar em 14%, o que representou um ganho significativo de 1620 sacas de açúcar por dia nesta usina.

A utilização de enzimas no processo de fabricação de açúcar se mostra uma eficiente solução para os problemas causados por polissacarídeos como o amido pois, além de enquadrar o açúcar neste parâmetro, gera benefícios que refletem diretamente no aumento da produtividade e redução de custos do processo.

                   

SOBRE A PROZYN

A Prozyn é uma das principais fornecedoras de ingredientes biológicos do país. Possui soluções sob medida para as necessidades específicas dos clientes, sempre baseadas na inovação, tecnologia e melhoria da qualidade de vida. Oferece uma linha completa de ingredientes para redução de custo, otimização de processo e melhoria da qualidade do seu produto.

Diego Oliveira – Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação.


Posts relacionados
2018 Prozyn. Todos os direitos reservados