New to site?


Login

Lost password? (X)

Already have an account?


Signup

(X)

Evolução do trigo nacional e soluções para a indústria moageira

Evolução do trigo nacional e soluções para a indústria moageira

SAFRAS TRIGO
22
dez 2020

Trigo nacional já foi sinônimo de pão de baixa qualidade. Para alívio geral da indústria de moagem e panificação, esse cenário não é mais o mesmo.

O Brasil sempre precisou combinar trigo estrangeiro com nacional para atender à sua demanda. A proporção entre essas duas origens varia de região para região, segundo fatores logísticos e de posicionamento comercial dos moinhos. Para os moinhos que precisam utilizar uma fração maior de trigo nacional em suas mesclas, o desafio de se obter um pão de boa qualidade e de maneira uniforme ao longo do ano é maior. Via de regra, trigos importados são mais homogêneos em desempenho, seja por genética, manejo e segregação na origem ou pela mistura promovida no transporte intermodal. Trigos nacionais são comprados em lotes menores e nem sempre o início do lote tem o mesmo desempenho do final.

Felizmente, os trigos nacionais vêm apresentando melhoras significativas nos últimos anos. Houve avanços importantes junto aos produtores em relação à genética das sementes e no manejo da lavoura. Do ponto de vista de especificações físico-químicas e de reologia, como Proteína, Alveograma, Falling Number, os trigos nacionais não devem nada aos importados. Resta então a panificação, que é o parâmetro mais objetivo para determinação da qualidade da farinha. A relação entre especificação e panificação não é tão simples, ou seja, nem sempre o que se espera vendo um laudo de farinha condiz com o pão fabricado com ela. É importante mencionar que o pão francês, com suas necessidades de volume, pestana, crocância e tolerância, aumenta significativamente a exigência sobre a farinha. Quanto mais estressante a aplicação, maior a diferença entre o trigo importado e o nacional.

Do ponto de vista de aditivação, mesmo com o recente melhoramento, o trigo nacional ainda responde de maneira diferente do trigo importado. A Prozyn tem uma larga experiência em formular soluções para trigos nacionais, com presença consolidada nesse mercado. As famílias de sistemas completos POWERZYME® e MAXIPAN® são desenvolvidas de maneira personalizada para cada cliente. Além dessas, a linha GLUTEMAX® permite uma potencialização do glúten da farinha, trazendo reforço para a massa de pão. Já os produtos POLIMAX permitem agregar polisorbato 80 às formulações, sem o inconveniente da dosagem líquida. Também importante nesse cenário é a plataforma KRYSPAN®, que promove um aumento do nível de crocância em pão francês.

Os prognósticos para o trigo nacional são bastante positivos, em relação à qualidade e quantidade. Qualquer que seja o cenário, a Prozyn estará preparada para ajudar a indústria de moagem para diferenciar seus produtos e maximizar seu resultado.

 

SOBRE A PROZYN

A Prozyn é uma das principais fornecedoras de ingredientes biológicos do país. Possui soluções sob medida para as necessidades mais específicas dos clientes, sempre baseadas na inovação, tecnologia e melhoria da qualidade de vida. Oferece uma linha completa de ingredientes para redução de custo, otimização do processo e melhoria da qualidade do seu produto.

Ricardo Mori – Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação.


Posts relacionados
2018 Prozyn. Todos os direitos reservados